“Magia além das palavras” é uma produção independente sobre a vida da escritora J. K. Rowling. O filme conta a história da nossa tão conhecida escritora, desde sua infância até o lançamento de Harry Potter e a Pedra Filosofal, primeiro livro da saga. O filme, produzido pela Lifetime, não foi autorizado por J. K. Rowling.

Assista o trailer de Magia Além das Palavras abaixo:

Somos apresentados a uma vida conturbada, cheia de altos e baixos, mas também repleta de conquistas. O filme retrata vários problemas que podemos nos identificar, como a conturbada escolha do curso universitário, problemas nos relacionamentos amorosos e familiares, assim como períodos de dificuldade emocional e financeira. Se eu já gostava da autora antes, agora ela tem minha plena admiração.

O mais bacana do filme é que ele nos mostra várias referências de onde J. K. Rowling tirou as ideias para a saga. O nome do Harry Potter, a personalidade de Rony Wesley, o estilo do professor Snape, a inspiração para a criação de Gringotes e dos sabores dos doces… O foco do filme é a vida da autora e não a história já tão conhecida do nosso querido bruxo, mas ainda assim é gostoso ver de onde ela tirou todas essas ideias.

magia-palavras

Além disso, a história de J. K. Rowling é uma história de superação. Mesmo diante de muita dificuldade ela não desistiu de seus sonhos e se tornou a primeira escritora bilionária da história. Não quero falar muito sobre a vida dela aqui no post, pois vai tirar a graça de assistir ao filme. Então, por favor, vai lá no Netflix e assiste.

“Magia além das palavras” é uma linda homenagem a uma grande escritora, e claro, serve muito bem para quem quer matar a saudade de Harry Potter e sentir aquele nózinho de nostalgia no estômago.

About The Author

22 anos. Casada com seu príncipe dos 15 anos. Formada em direito. Julga o livro pela capa SIM e fica muito decepcionada quando um livro bonito tem uma história ruim. Adora assistir adaptações cinematográficas dos livros que leu e não se importa quando a história fica um pouco diferente do original, desde que as características e personalidades dos personagens sejam mantidas. Em resumo: apaixonada por histórias, seja na tela ou no papel. Deve esse vício à sua mãe, que é uma leitora as vezes ainda mais voraz que ela.

Related Posts