Um erro recorrente, mesmo que as vezes pouco perceptível nas histórias em geral é a má concepção de sua linha temporal. Toda história tem uma linha temporal e dependendo de sua complexidade, esta linha se torna cada vez mais difícil, podendo fazê-lo desistir de uma boa história por não conseguir lidar com tantas linhas diferentes que devem fazer sentido entre si.

 

Importância da linha temporal

Fazer uma linha temporal está longe de ser uma tarefa fácil, tenha isso em mente quando começar a sua para não acabar se decepcionando mais tarde pois ela é praticamente indispensável, dando coerência à sua história e seus personagens. O problema de não ter uma linha temporal não está na história principal, mas em seus detalhes. Sem uma linha temporal para se basear é comum acabar entregando informações antes da hora ou prejudicar a progressão pessoal de um personagem.

Peguemos um exemplo de um ninja que aos 10 anos de idade começou a treinar um golpe especial e devido a circunstancias que não fazem parte do enredo principal, este fica fora por alguns anos. Sem ter uma linha do tempo é bem provável que esse ninja, quando voltar, não tenha nada a mais além de um novo golpe, o que está errado, já que com o passar dos anos todos tendem a mudar em alguns aspectos. Então, ao menos que haja um motivo que no mínimo seja citado na história, pelo fato de não haver progressões psicológicas no personagem além do esperado (o novo golpe) essa falta de mudanças no mesmo pode ser categorizado uma falha.

Lembre-se que nem tudo que for escrito na sua linha temporal deve estar na história, mas te ajudará a ter uma melhor noção cronológica e espacial dos acontecimentos, porque um homem que vive no século XIII provavelmente não conseguiria atravessar um país nos 2 dias só porque estava ocorrendo outra trama que o fez ser necessário para a história. Nesse caso é preciso fazer alguns cálculos e decidir como fazer a relação tempo e espaço ser plausível dentro da sua narrativa.

 

Escolhendo Sua Linha temporal

Separei alguns pontos que devem ser levados em consideração em sua linha temporal:

  • Pontos Chave – Acontecimentos principais
  • Aparecimentos de Personagens – De qual a qual acontecimento este estará presente.
  • Acontecimentos Importantes – Situações importantes para o psicológico que não fazem parte dos pontos chave.

Classificarei aqui 3 níveis de Complexidade, é importante saber que quanto maior o Nível, mais difícil, porém esta será recompensada com uma história consistente e sem furos.

 

Simples – 1º Nível

A Linha Temporal simples é composta apenas com acontecimentos em ordem, provavelmente você já a possui em sua cabeça, mas coloca-la em um papel com certeza te ajudará e ter uma noção melhor dos acontecimentos.

linha-temporal-simples

 

Composta: – 2º Nível

A Linha Temporal Composta serve para histórias que apresentam acontecimentos simultâneos, como histórias que ocorrem em duas cidades ou com dois personagens diferentes ao mesmo tempo.

linha-temporal-composta

Hierárquica – 3º Nível

A Linha Temporal Hierárquica serve para histórias complexas com muitos personagens e deve funcionar como o sistema de pastas do seu computador. Faça uma linha com acontecimentos importantes e uma linha temporal para cada personagem e a partir daí faça cada linha de acordo com sua linha mãe, acrescentando as informações necessárias.

linha-temporal-hierarquica

Obs: Ao mudar algo na história é preciso partir da linha inicial e ir descendo para outras linhas afilhadas, nunca comece por baixo ou isso poderá te atrapalhar.

 

 

Um passo de cada vez

Para facilitar a criação de suas linhas temporais você pode recorrer a algumas dicas:

1. Pontos primeiro, Datas depois. 

Antes de se prender a datas exatas faça apenas pontos, colocar datas no inicio pode atrapalhar seu processo criativo, espere ter certeza dos acontecimentos de sua história para depois colocar uma data precisa.

2. Arcos ou sagas ajudam na organização

Para não ter várias linhas temporais enormes tente separar sua história em arcos, faça um arco completo e só prossiga quando este estiver pronto para ser escrito.

Obs: é importante que você tenha em mente (e de preferência anotado) as ligações do passado que aparecerão no futuro ou vice-versa para não se atrapalhar mais tarde.

3. Não se apegue a linha do tempo

Muito provavelmente a linha do tempo irá te atrapalhar mais do que ajudar no inicio, você irá quebrar a cabeça e no final ela estará toda bagunçada, por isso se desapegue dela de começo para que quando este dia chegar ela possa ir para o lixo e deixar livre o lugar da experiência. Agora que você já conseguiu estruturar a história na sua cabeça tentando montar a primeira linha temporal será mais fácil traçar os caminhos da sua história.

About The Author

Related Posts