Se você gosta de ler e simplesmente ler você está no post certo. É sempre bom ler um livro com um enredo que te prende, principalmente quando você só quer relaxar e e se divertir, sem precisar gastar sua mente com palavras difíceis e histórias complicadas. Por esse motivo trago alguns livros que servem exatamente para isso: espairecer a mente!

 

1. Não Sou Este Tipo de Garota.

não-sou-esse-tipo-de-garota

Posso dizer que esse é o verdadeiro livro para garotas que querem simplesmente passar o tempo. Sem muita complicação, o livro conta a história de uma garota, Natalie, que está no seu último ano do ensino médio, com a esperança de que tudo ocorra bem até a hora da sua entrada na universidade. Mas para sua surpresa, ela reencontra no colégio uma garota de quem fora babá anos atrás. A partir daí ocorrem várias situações em que Natalie terá que fazer escolhas que farão sua vida ficar totalmente diferente do que ela esperava.

 

2. Deslembrança.

Há pouco tempo atrás fiz uma pequena resenha sobre esse livro aqui no site, e, esse é um livro muito bom para “somente ler”. Como já dito, esse livro poderia ser fenomenal, mas mesmo assim não chega a te desapontar. A história é boa e simples. (Na minha opinião ela é muito boa para quem gosta de escrever Fanfics).

 

3. Melancia.

melancia

Não posso dizer que ele chega a ser bom, mas é o tipo de livro que você geralmente leva na bolsa para quando precisar, mas ao mesmo tempo torcendo para “não precisar”, se é que vocês me entendem. A história é muito simples, nada de muito anormal ou demais. Mas para você que curte ler o cotidiano das pessoas… Melancia, ou qualquer outro livro da autora.

 

4. Confie em mim.

confie-em-mim

Assim como todos os livros de Harlan Coben, Confie em mim também é um mistério. “Mas mistérios não são livros fáceis de ler! Temos que parar para pensar na história e em tudo!”, você deve estar pensando. Algumas estórias de Coben são fáceis de desvendar. Mesmo os livros dele sendo considerados como “mistério”, você consegue juntar todas as peças sem dificuldade, assim chegando no ponto final do livro.

 

5. Anna e o Beijo Francês.

ana-e-o-beijo-frances

Com uma escrita leve e original, Stephanie Perkins discute em seu livro sobre as atuais relações de família de forma muito viva e real, e, ainda nos guia sobre uma discussão mais velha do que consigo contar: O que fazer quando a gente se apaixona pelo melhor amigo? Pelo fato de ser uma leitura simples e rápida você não ficar com aquela sensação de “eu esperava mais” no final.

 

6. Charlotte Street.

charlote-street

Assim como Melancia, esse é um livro pra você que gosta de saber como é o cotidiano das pessoas. Sem nada de muito pesado ou complicado para sua mente, Charlotte Street traz uma estória que não tem muita pressa de acabar e nem de te dar as respostas que você quer. É como se você estivesse vendo uma série que nunca acaba. E ao mesmo tempo que ele não tem pressa de te dizer nada, você não tem pressa de acabar. Mas dá pra dar uma divertida! haha

 

7. Cidades de Papel.

Cidades-de-Papel

John Green escreve bem, disso nós sabemos. Seus livros tem histórias boas e, quando falando no quesito acontecimentos, bem realistas. Ainda não tive a oportunidade de ler todos os seus livros, mas, até agora, tive a impressão que nenhum dos casais ficam juntos no final. Ok, isso pode ser ruim para algumas pessoas, porém, como disse, continua sendo realista. Por esse motivo é um livro pra quem gosta de histórias boas e bem feitas, mas sem finais super lindos e fofos.

 

8. Um Homem de Sorte.

Um-Homem-de-Sorte

Sim, os “romances” de Nicholas Sparks são lindos para aqueles que gostam e chatos para algunes. Com histórias emocionantes e bem americanas, Nicholas, que provavelmente sofreu por amor quando mais jovem, vai quebrar seu coração. Esse livro, assim como outros, é perfeito para você quer só quer ler um romance onde você já sabe o que vai acontecer mas mesmo assim vai achar bonitinho. E se terminar um livro e ainda continuar com essa vontade…leia todos os outros dele! São praticamente todos iguais, mas ao mesmo tempo… bonitinhos.

 

9. Entre o Agora e o Nunca.

Entre-o-Agora-e-o-Nunca

Um livro com uma história atrativa. Um romance selvagem e louco. Um enredo bom o suficiente pra te prender na história do casal e nas viagens que eles fazem juntos sem ao menos se conhecer (???). Talvez pareça grande na primeira vez que o encontrar, mas você acaba com ele como eu acabo com a comida quando ele aparece na minha frente… nem percebo.

 

10. Belo Desastre.

Belo-Desastre

Costumo dizer que Belo Desastre e Entre o Agora e o Nunca são quase idênticos. Na história, personagens, acontecimentos, continuações… literalmente quase tudo. Então a mesma dica que dou para um dou para o outro também. Leia só por diversão. Certeza que você vai adorar e sempre vai querer saber o que vai acontecer. E Belo Desastre ainda vem com uma pegada de comédia bem grandinha em algumas situações.

OBS: Entre o Agora e o Nunca e Belo Desastre tem algumas continuações e elas são bem fáceis de achar para download.

About The Author

Às vezes gosta de romance, as vezes não. Às vezes gosta de drama, às vezes não. Às vezes eclética, às vezes não. Não sou bipolar... às vezes. Bianca, sóbria a 19 anos. Viva a 18 anos. Admiradora de tudo o que parece mais não é, e futura alguma-coisa-da-vida. Adoro ler e principalmente ver as obras que eu gosto entrando no meio cinematográfico, por isso estou formando grupos rebeldes para atacar quem não sabe escolher personagens e muda a história na sua adaptação. Entre em contato: vamos-matar-quem-não-sabe-fazer@rebelião.com Viciada em filmes e séries, gosto de ter livros de capas bonitas mesmo que o enredo não seja bom e enlouqueço quando alguma personagem de qualquer história é uma garota badass. Eu deveria estar estudando.

Related Posts

  • Tabibito-san

    Td bem Bianca Linguicinha?

    Cá vão alguns pensamentos avulsos em relação às indicações:
    1. Não Sou Este Tipo de Garota. -> Expressão tipicamente americana.Resta saber se é pra “babá” ou para “o bebê”.
    2. Deslembrança. -> Fan fictions existem aos montes,mas um exemplo poderia ser o de POV(Point of View = Ponto de Vista) etc.
    3. Melancia. -> Livro do tipo “Seguro”,um seguro maior ou menor que um “Seguro de Vida”(?) =p
    4. Confie em mim. -> Quando um personagem lança essa frase de impacto,aquele que confia fica em sérios apuros.Porém não impede de um pedir e o outro aceitar,ao menos em ficção.
    5. Anna e o Beijo Francês. -> “O que fazer quando a gente se apaixona pelo melhor amigo?”Sabe-se lá,(re-)pergunte a si e sonde o fruto da amizade/amor,para começar…
    6. Charlotte Street. -> Meio como encontrar en passant(embora regularmente) a Charlotte na rua e aí discutir um assunto aleatório… ^^
    7. Cidades de Papel. -> Na vida real os casais não ficam juntos no final,não no “para sempre”,segundo o realismo seco de John Green.Ui,que perturbador! O.o
    8. Um Homem de Sorte. -> Deve ser o que mais virou filme de todos esses e de outras listas,por ventura.”Um Porto Seguro(Filme de 2010)” tem um suspense e um andamento interessante por sinal.
    9. Entre o Agora e o Nunca. -> Deve ser aquele onde tem as personas sem nada demais,contudo tem umas experiências muito doidas no campo da sexualidade,entretanto não alcança o romance erótico dos “Tons de Cinza”.
    10. Belo Desastre. -> Se parecido tanto com “Entre o Agora e o Nunca”,aceitaria a ideia de que as experiências que eles/elas(mais propriamente dizendo??) se comportam mais como enrascadas,dada a dica ainda de “Certeza que você vai adorar e sempre vai querer saber o que vai acontecer.” que pode ser um “Como vão se safar dessa?(Tom Interjeitivo com olhos arregalados e brilhantes ;D)

    *Nota: Senso de estética legal na postagem. 🙂

    E por hoje é só!

    • Olá Tabibito-san. Muito obrigada pelo seu comentário e por suas considerações!