Depois do grande sucesso com o livro e adaptação cinematográfica de Marley & eu, vários outros livros tendo animais como protagonistas foram lançados. Os leitores abraçaram esse nossa perspectiva com muita facilidade, até por que pode parecer impossível resistir a uma história em que seu animal favorito é o personagem principal né? Para comemorar o Dia do Animal, 4 de outubro, selecionei 5 livros fofos contendo animais como os grandes protagonistas. 

paxPax, de Sara Pennypacker

Sinopse: Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos.  Pax emociona o leitor desde a primeira página. Um mundo repleto de sentimentos em que natureza e humanidade se encontram numa história que celebra a lealdade e o amor.

Adquira o livro: Livraria CulturaSaraiva e Submarino.

gato-chamado-bobUm gato de rua chamado Bob, de James Bowen

Sinopse: Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks). Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados. Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.

O livro tem uma continuação, com o título O mundo pelos olhos de Bob, e uma versão do primeiro livro com fotos inéditas, chamada Bob: Um gato fora do normal.

Adquira o livro: Livraria Cultura, Saraiva e Submarino.

o_cao_que_guarda_as_estrelas_1408714300bO cão que guarda as estrelas, de Takashi Murakami

Sinopse: O cão que guarda as estrelas, de Takashi Murakami, é uma graphic novel que conta uma aventura vivida por dois companheiros: um simples senhor, sem dinheiro, emprego, ou família, e seu cachorro. Juntos, eles farão o possível para viver e sobreviver a sua viagem pelo interior do Japão. O diferencial da narrativa fica por conta do ponto de vista. Os acontecimentos são vistos sempre pelo olhar do cachorro e a perspectiva canina dos fatos e seus sentimentos são os companheiros do leitor ao longo das páginas.

Até agora a grafic novel ganhou apenas uma sequência, intitulada de O outro cão que guarda as estrelas, que conta a história de um filhote fraco e doente que fora abandona juntamente com o cãozinho da história “O cão que guarda as estrelas”. Dessa vez, o cão é adotado por uma senhora que planeja tirar sua própria vida.

Adquira o livro:  Submarino.

gata-dalailamaA gata do Dalai Lama, de David Michie

Sinopse: Diferentes nomes, muitas experiências e uma rotina dividida entre elevação espiritual, celebridades e situações prosaicas. “A gata do Dalai Lama” é um delicioso e delicado relato de uma felina bastante especial, dona de histórias igualmente singulares e senso de humor. Salva da morte pelo líder espiritual tibetano mais conhecido do planeta, ela passa a usufruir — sem cerimônias — da intimidade de Sua Santidade, de seus ensinamentos e sabedoria. A proximidade com Dalai Lama lhe rende também inusitada notabilidade social, status que atrai curiosidade e abre portas em ambientes diversos. Assim como na vida, a pluralidade é elemento fundamental deste livro.  Mordaz, vaidosa e levemente arrogante, a gata usa a inegável capacidade de adaptação, comum aos felinos, para driblar situações desfavoráveis e manter-se no centro de todas as atenções — e afetos. Em meio a episódios bem-humorados e reflexões existenciais, a obra não resvala na pieguice nem cede à prosa pueril de tantos outros títulos que fazem a busca do autoconhecimento parecer uma interminável abordagem de clichês.

Adquira o livro:   Saraiva e Submarino.

 

vida-borisMinha vida com Boris, de Thays Martinez

Sinopse: Numa manhã de maio de 2000, a advogada Thays Martinez e seu cachorro Boris saíram de casa para fazer história. Recém-chegados dos Estados Unidos, os dois tiveram a entrada barrada numa estação de metrô. Motivo: animais não eram permitidos nas instalações da Companhia do Metropolitano de São Paulo. E os funcionários da estação não se dobraram nem mesmo ao argumento de que cães-guia são instrumentos de acessibilidade e autonomia para pessoas com deficiência visual como Thays, cega desde os quatro anos. Thays, então, moveu uma ação judicial contra o Metrô e, seis anos depois, conquistou uma histórica vitória no Tribunal de Justiça de São Paulo, fazendo a própria defesa com Boris a seu lado. Antes mesmo da decisão judicial que permitiu o acesso de cães-guia ao Metrô da maior metrópole do país, o caso de Thays e Boris já havia inspirado a aprovação de duas leis — uma estadual, em 2001, e outra federal, em 2005 — que garantem o acesso de cães-guia a todo e qualquer local público e privado de uso coletivo. A dupla também ficou conhecida graças às várias reportagens de que foi tema após o incidente, e Boris ainda foi alçado à condição de herói da inclusão e da acessibilidade. Mas a obra vai muito além da narrativa de um triunfo da cidadania. No vibrante resgate de suas memórias, Thays aborda, sobretudo, sua profunda amizade com Boris, uma conexão baseada em confiança e cumplicidade que deixa como legado uma comovente história de afeto para além da vida.

Adquira o livro: Livraria Cultura, Saraiva e Submarino.

Gostaram das indicações? Se tiverem sugestões de livros com animais para fazer sintam-se à vontade!